quarta-feira, 30 de outubro de 2013

[DÚVIDA] Mulheres na Marinha - Parte 1

Visita das candidatas a Miss Mundo Brasil ao Colégio Naval em 2011
Há muito tempo as moças me pedem uma matéria sobre isso... Então lá vai:

No mar, no ar e na terra... Brilha sempre ela, a Marinha de Guerra.

Você sabia que a Marinha do Brasil é considerada uma mãe por todos aqueles que ingressam nela?
E isso já parece demonstrar que na Marinha é comum o respeito e a obediência às mulheres.

E você sabia que a primeira Força Armada brasileira a aceitar mulheres em seus quadros foi a Marinha do Brasil?

"A Marinha foi a primeira das Forças Armadas a admitir mulheres. A turma pioneira ingressou no Quadro Auxiliar Feminino em 1981.

O início foi cauteloso e impôs ao grupo uma série de testes, sem garantia de efetivação.
Em 1998, o Quadro Auxiliar Feminino foi extinto e as mulheres se integraram aos corpos e aos quadros da Marinha, o que permitiu a elas igualdade de condições nas promoções e nas mudanças de patentes."
[Fonte: http://www2.correiobraziliense.com.br/cbonline/revistadocorreio/print.htm]

"O ingresso da Mulher na Marinha ocorreu por intermédio da lei 6807 de 07/07/1980 e esta foi regulamentada pelo decreto 85238 de 07/10/80. Na época, o Ministro da Marinha era o Almirante-de-Esquadra Maximiano da Silva Fonseca.

Ao longo desses anos de serviço, a participação da mulher na Marinha tem sido marcante.

Atualmente, elas ocupam as seguintes áreas, como Praças ou Oficiais: medicina, enfermagem, apoio à saúde, engenharia, arquitetura, construção civil, pedagogia, contabilidade, administração, direito, história, comunicação social, museologia, biblioteconomia, informática, economia, serviço social, psicologia, entre outras. Algumas, decorrentes de seus méritos, chegam a ocupar cargos de Direção e Vice-Direção.

A Marinha foi a pioneira entre as Forças a admitir as mulheres em suas fileiras e primeira em promover a mulher a um dos postos mais altos da hierarquia militar na história do Brasil. Em 2012, por meio de Decreto Presidencial, a Capitão-de-Mar-e-Guerra (Md) Dalva Maria Carvalho Mendes foi promovida ao Posto de Contra-Almirante. A Contra-Almirante (Md) Dalva pertence à primeira turma de mulheres que ingressou no Corpo Auxiliar Feminino da Reserva, em 1981, como médica na especialidade de anestesiologia."
[Fonte: http://www.mar.mil.br/hotsites/nomar/atuais/847/index.html]

http://www.mar.mil.br/hotsites/nomar/atuais/847/index.html
Você pode ler a revista na integra clicando aqui.
"Para ingressar na Marinha do Brasil, é necessário participar de Processos Seletivos (PS),  com as mais variadas formações: Ensino Médio, Curso Técnico em uma das áreas de interesse da Marinha do Brasil (para concorrer ao Processo Seletivo para Ingresso no Corpo Auxiliar de Praças) ou Curso Superior, relativo à profissão a que deseja concorrer, para ingresso nos Quadros de Oficiais, incluindo o Quadro Complementar de Intendentes, Quadro Técnico, Quadro de Médicos, Quadro de Cirurgiões-Dentistas, Quadro de Apoio à Saúde e Corpo de Engenheiros."
[Fonte:http://www.mar.mil.br/menu_h/integrantes_mb/mulher_mb.htm]


E era isso moças...
Agora, contamos com a participação de todas vocês nos processos seletivos da Marinha do Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.